sábado, 9 de janeiro de 2010

Análise de Alma III: Gregos e Troianos

E, continuando com a série da análise da minha alma - sim, eu tenho uma, por mais difícil de acreditar que seja -, um dos, na minha opinião, meus maiores defeitos ou falhas de personalidade; pelo menos um dos que mais me complica a vida: eu tenho uma certa necessidade de tentar agradar a todo mundo, escutar demais a opinião dos outros e, principalmente, deixar que se metam por demais no que acontece comigo. E, como é fácil de adivinhar a partir de então, isso me traz sérios problemas e me obriga a coisas que eu não queria fazer.
Talvez isso tenha uma certa relação com o post anterior, mas o fato é que eu não consigo agir de um jeito que vá fazer mal às pessoas, principalmente as que eu gosto, por mais que seja alguma coisa que eu queira muito. Por isso, às vezes eu acabo abrindo mão do que eu quero ou, mais frequentemente, tento fazer isso escondido de quem eu sei que não vai gostar. O problema é que sempre descobrem e tudo acaba sendo ainda poir.
Outro problema é que eu sempre tento escutar o máximo possível de opiniões das outras pessoas, por mais que o assunto não diga respeito a mais ninguém além de mim. Não sei se é uma necessidade de agradar os outros ou se é um problema de indecisão, mas eu sempre considero bastante as outras opiniões - talvez até pelo fato de eu, geralmente, ter bons amigos que sempre tem uma opinião parecida com a minha ou com o que é o certo, que eu escuto as outras pessoas, mesmo quando não é esse o caso.
E também, mas não menos importante, é que algumas pessoas abusam - a maioria, sem direito. eu, nesses últimos anos, ando meio devagar em me irritar com a maioria das situações e, em geral, tenho uma raiva mais branda, contida - talvez porque, quando eu era mais novo, era meio, digamos, esquentado. E as pessoas, em geral, confundem essa raiva branda, contida, com aceitação da situação e continuam a interferir nos meus assuntos. O problema é que uma hora eu posso não conseguir me controlar mais...

Eu, ultimamente, ando mais intolerante com estas coisas, mas ainda espero que as pessoas descubram que estão se metendo onde não deviam por si só - por isso continuo quieto. Mas acho que vai chegar a hora que eu não vou mais conseguir. E isso tem tudo pra ser ruim - principalmente pra mim...

Nenhum comentário:

Postar um comentário