terça-feira, 28 de abril de 2009

Eles Estão Chegando! Parte III - O Contra-Ataque


O mundo inteiro está sendo atacado por ETs, que já dominam quase todo o território global, exceto por alguns lugares onde há uma resistência. O tempo está passando e cada minuto que passa torna a extinção da raça humana mais próxima. É a hora da virada da maré!
Todos os alienígenas têm pontos fracos, que devem ser usados contra eles. Isso é fato: até mesmo o Predador foi derrotado! Por isso, prepare o seu grupo de resistência, pegue a sua toalha, junte todas as armas que você tem por perto e ataque! Chegou a hora do tudo ou nada - ou a sobrevivência, ou a extinção!

As Armas

O importante é saber escolher as suas armas. E para isso, deve-se seguir o que está na parte anterior deste manual: se você encontrar um ET morto, descubra por que ele morreu! E use isto contra eles!
Alguns ETs tem baixa resistência a algumas coisas comuns no planeta terra (o que, vamos ser sinceros, só mostra que eles não são tão inteligentes assim. Eu nunca iria para um planeta onde chovesse ácido sulfúrico, por exemplo). Existem aliens que são vulneráveis a água. Outros, a alguns sons irritantes. Alguns, podem ser atacados com materias secantes (cloreto de cálcio, por exemplo). O resto, meu filho, tem que ser na bala mesmo! Mas vamos começar dos mais fáceis aos mais difíceis.
ETs vulneráveis a água: Esse é fácil - e talvez nem seja preciso que haja uma resistência - uma hora eles vão se tocar que aqui CHOVE ÁGUA e vão embora o mais rápido possível. Mas, caso eles queiram MESMO ficar por aqui, é a hora de pegar os baldes, mangueiras, copos e todo e qualquer objeto que possa guardar água e atacar! Neste caso não é possível fazer emboscadas ao ar livre - os ETs não vão sair dos seus veículos pra não ter que se molhar. Então o ideal é esperar dentro de casas para, assim que eles chegarem, fazer uma guerra de balões de água contra eles, sempre agindo o mais rápido possível.
ETs vulneráveis a sons: para estes casos, basta um carro de som tocando uma música irritante, que irá fazer a cabeça dos ETs explodir como mágica. Ou então torcer para que eles ataquem Salvador durante o carnaval ou algum carnaval fora de época - o que significa o ano inteiro.

Vulneráveis a materiais secantes: Existem dois casos. O primeiro é de ETs parecidos com lesmas ou sapos - que precisam que a pele fique úmida o tempo todo - em que basta resgatar a criança que mora dentro de você e atacá-los com sal ou outra substância que retire a água da pele dos bastardos. No segundo caso, trata-se de parasitas, que atacam o cérebro das pessoas, transformando-as em primos próximos dos zumbis com o único objetivo de passar o parasita adiante. Nestes casos, é preciso atacar a pessoa infectada utilizando materiais secantes, que devem ser injetados no corpo do coitado. Uma caneta BIC cheia de CaCl enfiada no olho do indivíduo é um bom começo!!



Para os outros casos, o negócio vai ter que ser na bala, na machesa! Junte todo o tipo de arma que existe perto de você e utilize táticas de guerrilha! Ataque em grupos pequenos, utilizando-se de emboscadas. Roube toda e qualquer arma que os ets mortos estiverem carregando. Use a sua toalha! Cubra-se de lama, evitando a visão de calor do alienígena! E ataque! Ataque sempre, nunca desista - a sua outra opção é a extinção.
O que pode acontecer, também, é que os ETs morram de gripe - ou qualquer outra virose que eles não estão acostumados. Mas nestes casos, você não precisaria ter lido até aqui. Basta se esconder e esperar que eles morram como moscas.



Dicas importantes 

Chapéus de alumínio não evitam a os poderes mentais dos ETs e só servem para que você passe vergonha. A única coisa que funciona contra este tipo de ET é uma bala no cérebro - deles, lógico! E uma boa dica é pensar em coisas simples enquanto mira a sua arma, como contar ou fazer contas.
Nunca atire em uma nave ou veículo alienígena: eles, com certeza, têm campos de força e o tiro só vai servir para mostrar ao fiidaputa onde você está. Espere o ET sair do veículo para então matá-lo com uma arma de longo alcance. Ou então, se possível, seja capturado e plante granadas dentro da nava dos ETs - só garanta que você vai ter tempo de correr antes que o troço exploda!!
Durma em turnos e de dia. ETs sempre atacam de noite, talvez devido a alguma vantagem evolutiva que eles tenham sobre nós, como uma visão noturna melhor, ou uma desvantagem durante o dia: vai saber se o nosso sol não é nocivo a eles?
Desde já, procure melhorar os seus poderes de Hacker: você, como bom nerd, provavelmente vai precisar instalar um vírus na nave-mãe alienígena, fazendo com que os campos de força das naves invasoras sejam desligados.
Esteja sempre cuidando de alguma criança: filho, sobrinho, irmão, não importa! Estudos estatísticos mostram que adultos acompanhados de crianças têm uma chance 74,62% maior de sobrevivência.
E o mais importante, não esqueça: nunca fique longe da sua toalha!!

Parte I - Invasão e Fuga
Parte II - Sobrevivendo e Resistindo

6 comentários:

  1. "cloreto de cálcio, por exemplo" = aiai, sou um químico formado!

    pergunta: o que você anda lendo/vendo pra ter essas ideias? EVOLUÇÃO? que os monstros morriam com silício?

    ResponderExcluir
  2. "cloreto de cálcio, por exemplo" = aiai, sou um químico formado! [2]


    vc é doente, gu. fato.

    ResponderExcluir
  3. Eu Seei... Profêssias . Eu Garanto que tem Algo Parecido com isso ai . Mais você Foi Nota 10 !!O ou Maais Teem aliens que tem um poder de Telepatia Ou Movimento De Qualquer Coisa

    ResponderExcluir
  4. Ano Passado na 6ª série eu tirei 3 10,ê um 9



    SOOOOOOOOOOOU NERDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD!

    ResponderExcluir
  5. nôs Vamos Prescisar de uma Bomba Nuclear ParaDestruir uma nave daquelas rsrsrs

    ResponderExcluir
  6. ô ana vc tem medo de Et's?BjoO

    ResponderExcluir